Barack Obama e a Crise Criada



Se você é do tipo que acredita em tudo o que vê na televisão, que sempre apresenta essa crise financeira como obra do acaso e da imprudência capitalista, é bom começar a mudar o seu modo de ver o mundo, pois no mundo real do poder o acaso simplesmente não existe, o que existe são planos elaborados por grupos que visam o poder absoluto e tudo indica que o novo presidente dos EUA faz parte de um desses grupos.


Barack Obama, o candidato da Cloward-Piven, independentemente de como ele descreve a si mesmo, tem sido um radical ativista na maior parte de sua carreira política. Esse ativismo tem sido em suporte de organizações e iniciativas que, em suas essências, buscam derrubar os pilares da nação e substituí-los por seus malucos sonhos socialistas. Sua influência se espalhou tão ampla e profundamente que, apesar de sua culpa evidente na atual crise financeira, eles conseguiram manipular os políticos do Capitólio e levar um pedaço de $140 bilhões do bolo dobailout!"



Saiba mais sobre os grupos e suas ideologias que estão envolvidos nessa crise financeira global pelo site: http://cavaleirodotemplo.blogspot.com/2009/01/barack-obama-e-estratgia-da-crise.html

3 comentários:

Silem Dantas disse...

Isso mesmo, é dessa forma que as coisas ocorrem, mas as pessoas não estão atentas para isso, aceitam o que lhe é mostrado!

Anônimo disse...

AS PESSOAS CONFIAM FIELMENTE EM HOMENS,ESQUECEM QUE A BÍBLIA NOS ALERTA CONTRA ISSO,E TODOS ACREDITAM QUE O HOMEM IRÁ SOLUCIONAR TUDO ALGUM DIA!
[B]"MALDITO O HOMEM QUE CONFIA NO HOMEM!"

paloma disse...

AS PESSOAS CONFIAM FIELMENTE EM HOMENS,ESQUECEM QUE A BÍBLIA NOS ALERTA CONTRA ISSO,E TODOS ACREDITAM QUE O HOMEM IRÁ SOLUCIONAR TUDO ALGUM DIA!
"MALDITO O HOMEM QUE CONFIA NO HOMEM!"